Desde 2001, o Iate Clube Lago de Itaipu (ICLI) desenvolve o projeto social Velejar é Preciso. Atualmente são 120 jovens, com idade entre 9 e 16 anos, de ambos os sexos, todos moradores do bairro de Três Lagoas e estudantes da rede pública de ensino. Em dezembro de 2012, o projeto ganhou reforço com o apoio da Itaipu Binacional, através de convênio, por meio do Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA). O projeto oferece aos alunos toda estrutura necessária, como: Transporte em todos os dias de treino, alimentação, barcos completos, instrutores capacitados, colete salva-vidas, e em campeonatos fora da cidade, os atletas têm sua despesas custeadas pelo ICLI e ITAIPU Binacional. O clube já sediou vários campeonatos regionais, estaduais e até mesmo eventos nacionais e internacionais. O projeto também revelou alguns atletas que representam a cidade no mundo a fora.

Objetivos:

Contribuir na construção de um mundo melhor.
Assegurar a prática esportiva como um direito de todos.
Trabalhar os princípios do olimpismo e de cidadania com os atendidos, integrando o esporte com a educação.
Criar e desenvolver uma flotilha para representar a cidade em eventos nacionais e internacionais.
Oportunizar aos jovens a aprendizagem de um esporte totalmente ecológico.
Descobrir e incentivar novos talentos na prática do esporte a vela.
Possibilitar a evolução e crescimento pessoal, ensinando o público alvo a superar desafios.
Promover a integração de crianças e jovens em vulnerabilidade social.
Melhorar o convívio social entre os alunos com a prática das boas maneiras e dos bons hábitos de vida.
Melhorar a frequência e média escolar dos beneficiados.







Informação Regatas
Em breve, calendário 2018.




Ranking
RANKING 2018

Na classe Laser foram premiados os três primeiros atletas e a melhor atleta no feminino. O 3º lugar geral ficou com Vinícius de Carvalho. O 2º lugar foi Luiz Henrique da Silva e o 1º colocado foi Fábio Santa Cruz. No feminino, a campeã foi Ana Laura Maihack.

Na classe Optimist foram premiados três melhores estreantes, os cinco melhores veteranos e a melhor atleta no feminino. No estreante, a 3ª colocação ficou com Gustavo Martins. O 2º lugar ficou Kawani Eidt e a 1ª colocação foi para Gustavo Fachinello Ceron. No veterano, o 5º lugar foi para Jean Carlos Ferreira. Em 4º lugar ficou João Pedro Rocha Floriano. Em 3º, Eloi Jeferson Shaffer. Com a 2ª colocação, Anderson Severo e com a 1ª colocação tanto do veterano como geral, Alessandro Alves Pereira. A atleta campeã no feminino foi Julia Maria Haddad.